UMA BALEIA-MINKE-ANÃ ENCALHOU SEM VIDA NA PRAIA DE JURERÊ, EM FLORIANÓPOLIS

UMA BALEIA-MINKE-ANÃ ENCALHOU SEM VIDA NA PRAIA DE JURERÊ, EM FLORIANÓPOLIS

O animal foi levado ao Centro de Pesquisa, Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CePRAM), na manhã do dia 17, pela equipe da R3 Animal, através do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS). A necropsia indicou que a morte pode ter sido causada por trauma.

De acordo com a presidente da R3 Animal e médica-veterinária Cristiane Kolesnikovas, a carcaça estava em avançado estado de decomposição, porém foi possível observar a presença de hematomas na região de cabeça e tórax do animal, provavelmente devido à colisão.

A baleia, um macho juvenil com 2,77 metros de comprimento, terá seu esqueleto preservado e fará parte do acervo de esqueletos e réplicas de animais marinhos expostos no Espaço Mar Aberto, ambiente usado para educação ambiental pela R3 Animal.

Essa espécie de cetáceo pode atingir 8 metros de comprimento e pesar no máximo 6,5 toneladas. Possuem dorso escuro e ventre claro. Se alimentam principalmente de krill e cardumes de pequenos peixes.

O CePRAM/R3 Animal fica localizado no Parque Estadual do Rio Vermelho, unidade de conservação sob responsabilidade do Instituto do Meio Ambiente (IMA-SC) em parceria com a Polícia Militar Ambiental.

Caso encontre um mamífero, ave ou tartaruga marinha debilitada ou morta na praia, ligue 0800 642 3341. Sua ajuda é fundamental para salvar vidas!

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo na Bacia de Santos sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

2019-09-19T22:27:50+00:00setembro 19th, 2019|Vida Marinha|0 Comentários

Deixar Um Comentário