TECNOVA II DESTINA R$ 7,5 MILHÕES PARA INCENTIVAR INOVAÇÃO NA ECONOMIA CATARINENSE

O surgimento de novos produtos e o aumento da competitividade da indústria catarinense estão entre os objetivos do Programa de Apoio à Inovação Tecnológica, o Tecnova II, lançado pela Fundação de Amparo à Pesquisa e Inovação do Estado de Santa Catarina (Fapesc) e Financiadora de Inovação e Pesquisa (Finep).

Para tal, serão investidos R$ 7,5 milhões para subsidiar os projetos aprovados no edital.

Santa Catarina foi o primeiro a lançar o Tecnova II. “O Estado é exemplo para o país, lugar onde a gente lança os programas e os programas dão êxito, resultado para o país. Isso porque os empreendedores entendem a importância que é receber essa subvenção”, afirma o gerente da Finep, Marcelo Camargo.

“A inovação é um dos motores da competitividade das empresas, que gera desenvolvimento econômico do nosso Estado e que vem se consolidando como referência tecnológica. O Governo catarinense incentiva programas como o Tecnova, que vem trazendo resultados, inspirando pessoas e trazendo novas soluções para os problemas da sociedade”, destaca o secretário de Estado do Desenvolvimento Econômico Sustentável (SDE), Lucas Esmeraldino.

O secretário-adjunto da pasta, Amândio João da Silva Junior, ressalta a relação cada vez mais próxima do Governo com o ecossistema de inovação catarinense: “Não existe outro caminho para que continuemos com os bons números em Santa Catarina que não seja a tecnologia e inovação. Existe um esforço gigantesco do Estado para seguir neste caminho e programas como Tecnova nos mostram que estamos no caminho certo”.

2019-10-16T00:11:17+00:0016 outubro, 2019|Tecnologia|