O animal está na areia da praia descansando e apresenta um ferimento na parte dorsal. Uma equipe de biólogos e veterinárias foi deslocada até a praia para avaliar o estado de saúde do animal e prestar atendimento no local.

A equipe de campo da Associação R3 Animal, através do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) encontrou uma foca-caranguejeira (Lobodon carcinophagus), na Praia da Armação, no Sul da Ilha de Santa Catarina, na manhã desta sexta-feira, 7.

A foca-caranguejeira é um animal antártico e de acordo com o tratado do Comitê Científico para Pesquisas Antárticas (SCAR), órgão do Conselho Internacional Interdisciplinar para Ciência, é recomendado que ele não seja trazido para o Centro de Pesquisa, Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CePRAM).

Caso seja trazido para reabilitação, não poderá ser devolvido à natureza. O motivo é que os animais antárticos não estão expostos a diferentes doenças comparados com outros animais. Portanto, trazer um animal deste para o CePRAM pode expô-lo a possíveis patologias que ele não esteja acostumado. O contato com outros animais poderia contaminá-lo com algum agente patogênico e colocar em risco a colônia.

A foca-caranguejeira se alimenta basicamente de pequenos crustáceos chamados de krills. Elas costumam viver em colônias na Antártica, também utilizam blocos de gelos flutuantes para acasalar ou descansar. Já houve outros registros desta espécie na nossa região.

Ao avistar uma ave, mamífero ou tartaruga marinha, ligue 0800 642 3341.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo na Bacia de Santos sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.

O PMP-BS é realizado desde Laguna/SC até Saquarema/RJ, sendo dividido em 15 trechos. Em Florianópolis, o trecho 3, o projeto é executado pela R3 Animal.

Foto: R3 Animal/Érika Cardoso

RECEBA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

https://chat.whatsapp.com/JOOXTqhIoqj8xPJ7zSJxv0

+ LEIA MAIS

2019-06-07T21:08:12+00:007 junho, 2019|Sul da Ilha|