Lei de Florianópolis torna crime deixar cachorro acorrentado ou sempre preso

Esta em vigor a lei municipal que criminaliza quem deixar um cachorro acorrentado ou sempre preso no canil e a multa varia de R$ 500 a R$ 3 mil.

A lei diz que, em última hipótese, se não for possível deixar o animal solto, ele poderá ficar preso por um tempo, desde que numa corrente tipo vai e vem. Só neste ano, as equipes já fizeram 174 resgates dessa forma. Os donos vão responder pelo crime de maus-tratos na Polícia Civil e a um processo administrativo da prefeitura. Já os animais estão bem e deverão ser encaminhados para adoção.

A fiscalização será feita pela Direção de Bem-Estar Animal (Dibea) e para denunciar maus-tratos, é preciso fazer um boletim de ocorrência e levar o BO até a Dibea. A denúncia pode ser anônima. São, em média, 40 por mês – todas verificadas.

Carregar mais Posts

Carregar mais Posts

2019-11-18T21:11:16+00:00novembro 18th, 2019|SOS Animais|0 Comentários

Deixar Um Comentário