Secretaria de Saúde de Florianópolis divulga ações para o Dia D de vacinação contra Sarampo

As ações ocorrerão no próximo sábado (30) e contam com postos volantes em diversas regiões da cidade, além da vacinação em 26 centros de saúde da capital. O foco desta segunda fase da campanha são os jovens adultos entre 20 e 29 anos.

As ações ocorrerão no próximo sábado (30) e contam com postos volantes em diversas regiões da cidade, além da vacinação em 26 centros de saúde da capital. O foco desta segunda fase da campanha são os jovens adultos entre 20 e 29 anos.

Durante a campanha Nacional de Vacinação que teve início no mês de outubro e se estende até 30 de novembro, Dia D da segunda fase, as ações foram divididas em duas etapas.

A primeira etapa aconteceu de 7 a 25 de outubro e teve como público-alvo crianças de seis meses a menores de 5 anos. O dia D se deu em 19 de outubro e, em Florianópolis, a ação atingiu 93% de cobertura, faltando vacinar 554 crianças para atingir a meta de cobertura de 95%.

Nesta segunda etapa, que teve início no dia 18 de novembro, o público-alvo é jovens adultos entre 20 e 29 anos e a Secretaria de Saúde de Florianópolis apostou nos postos volantes, levando a vacinação aos locais frequentados por esse público, como universidades, supermercados, shopping centers, terminais de transporte público, aeroporto, entre outros. O Dia D acontece neste sábado, 30 de novembro.

“Percebemos após o Dia D da primeira fase que não houve a adesão esperada mesmo mantendo 48 centros de saúde abertos ao longo de todo o sábado. Então, tendo em vista a última ação e analisando o público-alvo desta fase, entendemos que tínhamos que ir até eles, facilitar essa iniciativa”, explica o Secretário de Saúde do Município, Carlos Alberto Justo da Silva.

Na capital catarinense, o público-alvo de vacinação é de aproximadamente 210.366 pessoas. A meta é avaliar, pelo menos, 95% dos grupos elegíveis para a vacinação, e aplicar a vacina nos que estiverem com esquema incompleto.

“Garantir que este público esteja adequadamente vacinado é crucial para barrar o surto de sarampo que se estende no município desde julho deste ano e já conta com 28 casos confirmados, sendo uma das capitais com maior incidência da doença no país”, reforça Ana Cristina Vidor, especialista em epidemiologia, médica e gerente de Vigilância Epidemiológica de Florianópolis.

Nesta campanha também será disponibilizada a vacina contra a febre amarela.

VEREADOR MAIKON COSTA É DELATADO POR AGRESSÕES CONTRA MULHERES E ADOLESCENTE, EM TRIBUNA NA CÂMARA DE VEREADORES DE FLORIANÓPOLIS

12 dezembro, 2019|Política|

O Vereador Maikon Costa (PSDB) é delatado em tribuna na Câmara de [...]

Carregar mais Posts

VEREADOR MAIKON COSTA É DELATADO POR AGRESSÕES CONTRA MULHERES E ADOLESCENTE, EM TRIBUNA NA CÂMARA DE VEREADORES DE FLORIANÓPOLIS

12 dezembro, 2019|Política|

O Vereador Maikon Costa (PSDB) é delatado em tribuna na Câmara de [...]

Carregar mais Posts

2019-11-26T22:41:04+00:0026 novembro, 2019|Saúde|