Prefeitura e Casan lacram ligações de esgoto jogado em rio no Norte da Ilha

Imóveis da mesma rua lançavam efluentes diretamente no Rio Vermelho; residencial que aluga quartos para temporada foi multado por crime ambiental.

Dando continuidade às ações de fiscalização realizadas na semana passada, a Prefeitura de Florianópolis e a Casan retornaram ao Rio Vermelho, no Norte da Ilha, e efetuaram três lacres em ligações clandestinas de esgoto que despejavam efluentes na rede pluvial e no próprio rio que dá nome ao bairro.

Dois imóveis situados na Rua Moçambique, foco da fiscalização semanal do Grupo Sanear Floripa, jogavam esgoto na rede de drenagem pluvial. Um deles apresentava inclusive a caixa de gordura conectada irregularmente, despejando os efluentes da cozinha junto à água da chuva.

Este residencial, que aluga quartos para a temporada de verão, foi multado pela Floram por crime ambiental. De acordo com o Decreto Federal n. 6.514/08, o valor da multa será estipulado conforme a gravidade do dano, por comissão designada para o julgamento, a partir de uma base aproximada de R$ 5.000,00.

As duas ligações – a do residencial e a de outro condomínio na mesma rua – foram lacradas pela força-tarefa do Grupo Sanear, composta por fiscais e técnicos da Casan, Secretaria de Infraestrutura, Vigilância em Saúde, Floram e ECHOA Engenharia, empresa responsável pelo programa Floripa Se Liga Na Rede

O terceiro lacre foi efetuado em tubo de esgoto que desembocava no próprio Rio Vermelho, lançando o esgoto de casas e condomínios de toda a rua na água do rio. Um caminhão de apoio à força-tarefa fez a sucção dos resíduos antes do lacre.

Em todas as ações das últimas semanas, a Blitz Sanear detectou, em bairros de diferentes regiões de Florianópolis, casos de esgoto na pluvial – configurados, pela legislação, como crime ambiental. Nos Ingleses, semana passada, a fiscalização lacrou seis ligações de esgoto clandestinas, de todos os seis imóveis vistoriados, com a mesma irregularidade.

Blitz Sanear

A Blitz Sanear é uma força-tarefa da Prefeitura Municipal de Florianópolis e da Casan, por meio do Grupo Sanear Floripa, criada com o objetivo de fiscalizar ligações irregulares de esgoto que causem prejuízos ao meio ambiente e à saúde pública.

Com mais de 50 ações semanais realizadas desde outubro de 2018, a Blitz Sanear – conhecida anteriormente como Blitz Se Liga Na Rede – já inspecionou residências, imóveis comerciais, shopping centers, hotéis, restaurantes, pousadas, condomínios e edifícios em mais de 30 localidades de Florianópolis. Na semana passada, o grupo fez operações nos bairros Ingleses, Rio Vermelho e Santo Antônio de Lisboa.

Fotos: Diego Berselli

Prefeitura de Florianópolis e Celesc investirão em placas solares e lâmpadas de menor consumo para as unidades educativas

6 dezembro, 2019|Educação|

A companhia elétrica repassará para o município 3 [...]

Carregar mais Posts

Carregar mais Posts

2019-11-29T23:35:07+00:0029 novembro, 2019|Saneamento básico|