D

O Sul da Ilha em evidência

MOISÉS DEFENDE GESTÃO TÉCNICA E ALINHADA COM GOVERNO FEDERAL EM EVENTO COM VICE-PRESIDENTE MOURÃO

O governador Carlos Moisés reafirmou na manhã desta sexta-feira, 19, os compromissos de fazer uma gestão técnica, pautada por resultados e que priorize o bom uso dos recursos públicos em Santa Catarina.

Durante o pronunciamento na abertura do projeto “Momento Brasil”, promovido pela Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão (Acaert), Moisés saudou o vice-presidente da República, Hamilton Mourão, e também destacou a importância do alinhamento com o governo federal.

O governo do Estado fica muito feliz com a presença maciça do governo federal em Santa Catarina. Essa união de esforços, esse alinhamento, através dos nossos representantes em Brasília e do Fórum Parlamentar Catarinense, traz muitos ganhos”, disse Moisés. Ele destacou que, nesta semana, houve também a presença do ministro-chefe da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e da Educação, Abraham Weintraub, na segunda-feira, para entrega de 64 ônibus escolares. Outra ação foi a renovação de 80% da frota de ambulâncias do Samu, realizada com recursos de emendas parlamentares.

Estamos caminhando no mesmo sentido do governo federal ao escolher um primeiro escalão técnico. Fizemos as reformas necessárias, diminuindo o tamanho do estado, promovendo uma gestão por qualidade e por resultados e garantindo que o dinheiro público, que é muito caro, porque vem do contribuinte, seja bem aplicado”, complementou Moisés. O governador também reforçou a importância de haver uma revisão do pacto federativo. Isso permitiria inverter a pirâmide e deixar mais recursos nos municípios e nos estados e, com isso, dar melhores condições de desenvolvimento regional.

O vice-presidente agradeceu a expressiva votação dos catarinenses na chapa com Jair Bolsonaro e valorizou os bons resultados da gestão estadual. “Temos que elogiar o Estado de Santa Catarina, que tem feito o seu dever e, por isso, está em posição de destaque no país. Mas temos conhecimento das deficiências de infraestrutura logística, principalmente de rodovias no interior do estado e na fronteira com a Argentina”, afirmou Mourão, em pronunciamento à imprensa. ambém disse que o governo está comprometido com a questão tributária. De acordo com ele, após a Previdência, que deverá estar votada em dois turnos até outubro, esse será o próximo passo na agenda de reformas.

No evento, Mourão falou sobre os desafios do Brasil e como o governo federal está trabalhando para equacionar essas questões. “Temos dois grandes problemas econômicos para resolver que são o desequilíbrio fiscal e a agenda da produtividade. A produtividade hoje é muito baixa em função da infraestrutura logística deficiente, da questão tributária, do famoso custo-Brasil”, afirmou.

O evento, exclusivo para convidados, reuniu lideranças políticas e empresariais. Nos próximos meses, Acaert prevê trazer novos nomes do governo federal a Santa Catarina para debater temas de interesse nacional.

Fotos: Julio Cavalheiro/ Secom

PUBLICIDADE

Anuncie

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

By |2019-07-20T12:51:51+00:0020 julho, 2019|Política|0 Comentários

Sobre o Autor: