Turista gaúcho morto em SC ao ser confundido por traficantes é identificado

O Instituto Médico Legal (IML) identificou o corpo do turista encontrado com marcas de tiros em Florianópolis na segunda-feira (6). Kennedy Maldaner Santos da Silva tinha 20 anos e era morador de São Leopoldo, no Rio Grande do Sul. O delegado Ênio de Matos informou que a polícia identificou seis suspeitos, mas ninguém havia sido preso até 15h20 desta terça (7).

O jovem desapareceu na comunidade do Siri, em Ingleses, quando estava com outros três turistas na tarde de domingo (5). Os quatro foram atacados ao serem confundidos com um grupo de traficantes rival, conforme a Polícia Civil. Kennedy foi morto, dois dos colegas dele ficaram feridos e um conseguiu fugir.

O delegado informou também que ouviu os dois feridos. Um deles foi baleado e outro levou uma facada na mão. Matos também disse que nem eles nem Kennedy tinham antecedentes criminais em Santa Catarina e investiga se eles tinham algum registro no Rio Grande do Sul.

Morte

Um dos turistas contou à Polícia Militar que foi com os amigos à comunidade do Siri para comprar maconha. Os traficantes levaram o grupo para as dunas e começaram a atirar. Kennedy foi baleado e morreu. Os turistas haviam alugado um imóvel na Praia do Santinho, também no Norte da Ilha.

Fonte: https://g1.globo.com/sc/santa-catarina/cidade/florianopolis/

Foto: Reprodução/ NSC TV

Carregar mais Posts
2020-01-07T22:29:32+00:00janeiro 7th, 2020|Polícia|0 Comentários

Deixar Um Comentário