Trabalho para detentos na Penitenciária Regional de Curitibanos vence prêmio nacional

A Penitenciária Regional de Curitibanos foi destaque na 16ª edição do Prêmio Innovare, realizada nesta terça-feira, 3, em Brasília, com o trabalho desenvolvido na unidade pelo Grupo Berlanda.

Denominado Ressocialização no Sistema Prisional, o projeto que começou em 2010 na unidade que fica em São Cristóvão do Sul, foi premiado como Prática Destaque.

A penitenciária regional é considerada modelo porque tem 100% dos presos trabalhando. Do total, a Berlanda é responsável pela oferta de 40% das vagas de trabalho e as 60% restantes vêm de outras 11 empresas. Na unidade, 48% dos apenados estão estudando e há 23 cursando ensino superior à distância.

“Receber este reconhecimento do Prêmio Innovare é uma honra para nós e uma forma de estimular os empresários de todo o Brasil a acreditarem nesta mão de obra. Ganham o empresário, o Estado e o detento. Estamos comemorando muito esse prêmio”, afirmou o fundador e presidente do grupo Berlanda, Nilso Berlanda.

Salário do interno contribui para o Fundo Rotativo da unidade

Todo o interno que trabalha em uma oficina numa unidade prisional de Santa Catarina recebe pelo menos um salário mínimo da empresa que o contrata. Desse total, 50% vai direto para o interno, outros 25% são destinados para a conta pecúlio (depósito judicial que pode ser sacado quando o interno ganha liberdade) e os 25% restantes vão para o Fundo Rotativo.

Santa Catarina tem 33% dos internos do sistema prisional trabalhando em atividades qualificadas que capacitam o egresso do sistema a concorrer a uma vaga de trabalho, após cumprir a pena.

Sobre o Prêmio Innovare

Desde sua criação, em 2004, o Prêmio Innovare recebeu mais de 6.900 trabalhos e premiou, homenageou e destacou 213 iniciativas, que têm como objetivo principal aprimorar o trabalho da Justiça em todo o país.

O Prêmio Innovare é uma iniciativa do Instituto Innovare, com a parceria institucional do Conselho Nacional de Justiça (CNJ), da Associação dos Magistrados Brasileiros (AMB), Associação Nacional dos Membros do Ministério Público (Conamp), o Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP), Associação Nacional das Defensoras e Defensores Públicos (Anadep),  Associação dos Juízes Federais (Ajufe), Conselho Federal da OAB, Associação Nacional dos Procuradores de República (ANPR), Associação Nacional dos Magistrados da Justiça do Trabalho (Anamatra) e do Ministério da Justiça e Segurança Pública, por meio da Secretaria Nacional de Justiça, com o apoio do Grupo Globo.

Fonte: http://www.sc.gov.br/

Foto: Divulgação / Prêmio Innovare

Carregar mais Posts

Carregar mais Posts

2019-12-04T17:14:57+00:004 dezembro, 2019|Noticia|