O estrutura do posto de saúde do Campeche está sendo destruída por vândalos e ladrões

A construção do Posto de Saúde do Campeche custou R$ 997.353,58 e deveria estar pronta no final de 2016. As obras estão paralisadas desde o final do ano passado, quando faltava muito pouco estar completamente concluída e pronta para ser utilizada pelos moradores do bairro. O prédio abandonado está localizado na Avenida Campeche.

De acordo com Ataíde Silva, vice-presidente da Associação de Moradores do Campeche (Amocam), a prefeitura abandonou a obra e os ladrões estão roubando tudo que é de valor, enquanto os vândalos estão destruindo a estrutura interna do prédio que é feita com gesso acartonado ou drywall. “Eles estão quebrando tudo, pichando as paredes, roubando as torneiras, a fiação elétrica, as estruturas de alumínio, quebrando os vidros e daqui a pouco não vai mais ter nem as portas”, comenta Ataíde.

A obra inacabada não tem nenhum tipo de vigilância ou monitoramento e o prédio é constantemente invadido por usuários de drogas, ladrões e pichadores. Os moradores pedem providências para a conclusão da obra e a colocação imediata de um segurança na obra.