O medo dos moradores é que em pouco tempo o Sul da ilha também venha a sofrer o mesmo problema das praias do Norte, praias inteiras impróprias para banho

O campeche possui 40 km de rede de esgoto instaladas, há 3 mil imóveis com caixas de inspeção prontos para ter o esgoto ligado a rede e tratado, mas a informação da Casan é que a rede de esgoto não está ligada a nenhuma rede de tratamento, portanto se não há rede de tratamento, esta não adianta em nada e nem pode receber o esgoto.

No ponto conhecido como dunas do sabão no canto sul da praia moradores questionam um saída de água que seria de água pluvial, água da chuva, na areia da praia, mas o que se vê é uma água escura com cheiro forte de esgoto.

A maior preocupação dos moradores são as saídas de água de origem desconhecida que aparecem na beira da praia em maior número a cada temporada, uma delas bem na entrada da praia onde inclusive estão os restaurantes que seguidamente apresenta uma água escura e com cheiro de esgoto.

Para o Afonso Veigas, uma das maiores autoridades do pais em engenharia sanitária, se não for tomada nenhuma medida de urgência com inicio imediato de obras em pouco tempo o sul da ilha enfrentará o mesmo problema das praias do norte. O professor ainda lembra que o primeiro projeto de esgoto da capital completará 100 anos em 2018.

Denuncias devem ser feitas no 156 ou diretamente na ouvidoria 32514939