A Praia do Campeche foi uma das mais atingidas pelo ciclone.

O vento atingiu 120 km por hora na região, derrubou paradas de ônibus, casas foram destalhadas, inúmeras árvores e postes de luz caíram sobre casas e vias. O Sul da ilha encontra-se sem energia elétrica e água.  

Na praia do Campeche, o poste de iluminação da praia caiu, os restaurantes no final da avenida Pequeno Príncipe foram praticamente todos destelhados, duas árvores caíram sobre a avenida Campeche obstruindo o trânsito, na rua da Capela uma árvore caiu sobre um poste bloqueando a rua, lojas, comercio e supermercados encontram-se fechados.

No Morro das Pedras e na praia da Armação a situação é a mesma. Não há previsão de retorno da energia elétrica na região, a recomendação é o racionamento de água e paciência até que a situação retornar ao normal.

Veja fotos do ciclone que atingiu o Sul da Ilha 

Fotos: Adriano Soares 

 

Veja também:

Florianópolis decreta situação de emergência após ciclone

800 ocorrências por danos; 26 unidades de saúde e 33 escolas municipais foram atingidas pelo ciclone em Florianópolis