Nos últimos dias, alguns clientes de diferentes regiões do Estado relataram o recebimento de telefonemas e de e-mails, falsos, para cobrança de fatura de energia elétrica.

Nas ligações a pessoa alega ser da 4ª Vara Federal e informa ao cliente da Celesc que “há uma notificação por o padrão de energia elétrica não ter sido substituído por um padrão digital”, além de relatar cobrança de débitos e multa junto à Celesc. Os golpistas dizem que a quantia precisa ser depositada para que o usuário não tenha seu fornecimento de energia suspenso.

Já por e-mail, são enviadas faturas de energia elétrica muito similares às verdadeiras, porém a partir de um domínio que não é da Empresa, cujo beneficiário também não é a Celesc e a instituição financeira para cobrança não é o Banco do Brasil.

Para evitar possíveis transtornos originados por golpes, a Celesc reforça que não cobra pendências jurídicas ou comerciais por telefone, nem solicita depósito em conta. Também alerta aos clientes que optaram por receber suas faturas por e-mail para que estejam atentos a alguns detalhes da mensagem que chega em seu endereço eletrônico, como:

  • O e-mail que enviou a nota deve ser o oficial da Celesc ([email protected]);
  • O banco arrecadador deve ser o Banco do Brasil;
  • O beneficiário do pagamento deve ser Centrais Elétricas de Santa Catarina (Celesc).

Nunca clique em links suspeitos e, na dúvida, entre em contato por meio dos canais oficiais de atendimento:

Agência Web: http://bit.ly/AgenciaWeb

Chat Online: http://bit.ly/AtendimentoOnlineCelesc

Comercial: 0800 48 0120

Emergência: 0800 48 0196

RECEBA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

+ LEIA MAIS

By |2019-05-31T22:08:35+00:0031 maio, 2019|Noticia|0 Comentários

Sobre o Autor: