A implantação do sistema integrado de ônibus da Grande Florianópolis voltou a ser discutido pelo Governo do Estado e prefeituras na manhã desta segunda-feira, 27.

O governador Carlos Moisés, o secretário da Casa Civil, Douglas Borba, e a equipe da Superintendência de Desenvolvimento da Região Metropolitana da Grande Florianópolis (Suderf) se reuniram com os prefeitos da região na Casa d’Agronômica a fim de agilizar os trâmites legais que viabilizam a integração do transporte coletivo. Os chefes do executivo municipal concordaram em enviar o mais breve possível para as câmaras de vereadores o projeto de lei que delega ao Estado a competência sobre as linhas.

Todos temos interesse que o projeto de integração dos ônibus evolua. O Estado já sinalizou que quer a melhoria do serviço colocando a Suderf à disposição. Agora, precisamos que o projeto caminhe mais rápido nos municípios para darmos uma resposta adequada aos usuários de ônibus”, afirmou o governador.

Segundo o secretário Douglas Borba, a minuta do projeto de lei que deve ser encaminhado para as câmaras foi entregue aos prefeitos em fevereiro. Nos últimos meses, os municípios criaram um grupo técnico para analisar o documento e realizaram encontros com a Suderf. “É importante que todas as prefeituras enviem os projetos para aprovação no legislativo municipal nesta semana“, reforçou.

O prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, afirmou que iria encaminhar ainda nesta segunda-feira o projeto de lei para a Câmara de Vereadores em regime de urgência a fim de acelerar o processo.

O superintendente em exercício da Suderf, Matheus Hoffmann, explicou que independentemente do tempo necessário para aprovação do projeto de lei, a Superintendência segue com os trabalhos de detalhamento da operação e das linhas em parceria com o Observatório de Mobilidade da UFSC e com a agência alemã GIZ. A Suderf ainda elabora o termo de referência do processo licitatório.

Na reunião, também estiveram presentes os prefeitos de Biguaçu, Ramon Wollinger; de Águas Mornas, Pedro Paulo Medeiros (prefeito interino); de São Pedro de Alcântara, Ernei José Stahelin; e o procurador-geral do município de São José, Rodrigo Machado, além da consultora jurídica da Casa Civil, Giglione Zanela Maia, e arquiteta da Suderf, Luana Schmitt Montero.

Rede Integrada de Transporte Coletivo

A integração das linhas municipais da região continental da Grande Florianópolis com as intermunicipais trará uma série de benefícios aos usuários, incluindo a possibilidade de deslocamentos diretos na região continental sem necessidade de entrar em Florianópolis. “Com a rede integrada, os usuários contarão com tarifa justa, transporte de qualidade e menor tempo de trajeto”, afirmou Borba.

Todas as prefeituras também poderão trabalhar em conjunto no planejamento do sistema de transporte, gestão, operação e fiscalização do serviço. O projeto da rede integrada foi elaborado pela Suderf em parceria com o Observatório da Mobilidade Urbana da UFSC e técnicos das prefeituras envolvidas.

Foto: Mauren Rigo/Casa Civil

RECEBA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

https://chat.whatsapp.com/JOOXTqhIoqj8xPJ7zSJxv0

+ LIDAS

2019-05-27T23:23:20+00:0027 maio, 2019|Noticia|