ESTUDANTES DE DIVERSAS ESCOLAS MUNICIPAIS DE FLORIANÓPOLIS SE REÚNEM PARA OFICINAS TECNOLÓGICAS

Cyberbullying, produção de filmes, eletrônica básica , circuitos elétricos, rádio na escola são algumas das atrações do “Techday”.

Mais de 270 estudantes de ensino da rede municipal de Florianópolis estarão reunidos na Escola Básica Maria Conceição Nunes, no Rio Vermelho, para o Techday na Escola. O evento ocorrerá na próxima sexta-feira, das 9 horas às 15 horas.

Nas oficinas, denominadas de “Mão na massa”, as turmas poderão experimentar algumas das possibilidades que os professores de tecnologias educacionais desenvolvem nas diversas escolas. Também terão acesso a atividades ofertadas por instituições e professores parceiros do Instituto Federal de Santa Catarina, Universidade do Estado de Santa Catarina e Universidade Federal de Santa Catarina, contando com a participação de 15 professores e colaboradores.

Estarão integrando o Techday as escolas básicas municipais Maria Conceição Nunes (Rio Vermelho), Albertina Madalena Dias (Vargem Grande), José Jacinto Cardoso (Serrinha), Luiz Cândido da Luz (Vargem do Bom Jesus), Herondina Medeiros Zeferino (Ingleses) , Acácio Garibaldi São Thiago (Barra da Lagoa), Osvaldo Machado (Ponta das Canas), José Amaro Cordeiro (Morro das Pedras), Henrique Veras (Lagoa da Conceição), Retiro da Lagoa (Retiro da Lagoa), Beatriz de Souza Brito (Pantanal), José do Valle Pereira (João Paulo), Antônio Paschoal Apóstolo (Rio Vermelho), Donicia Maria da Costa, Dilma Lúcia dos Santos (Armação), Virgílio Reis Várzea (Canasvieiras), Lupércio Belarmino Pereira e Batista Pereira (Ribeirão da Ilha).

A iniciativa é dos professores de tecnologias educacionais e conta com o apoio do Departamento de Tecnologias Educacionais da Secretaria de Educação da Capital.

Combate

Uma das oficinas, Cyberbullying, vai procurar sensibilizar os participantes para a problemática, por meio da partilha de conhecimentos que lhes permitam identificar, prevenir, e intervir frente ao fenômeno. A de robótica é para aprender a fazer um robô desenhista. Outra é a respeito da edição de vídeo e efeitos com Chromakey.

Produção de filme e rádio na escola

Uma terceira é sobre a produção de filmes sem necessitar de edição de vídeos. O objetivo é que as crianças produzam um filme contemplando suas realidades de forma simples e acessível, com os recursos que são comuns a professores e estudantes.
Haverá um minicurso que vai propor atividades práticas de gravação e edição de áudios para estudantes dos anos iniciais do ensino fundamental que queiram se inteirar sobre as potencialidades deles se expressarem, opinarem e exporem suas ideias por meio de uma rádio escolar.

Jogos para crianças

Serão trabalhados dois programas educativos. Um deles é “GCompris” , composto por 107 atividades lúdicas, dirigido para crianças entre dois e dez anos. O “RapidTyping” oferece um curso de digitação virtual com exercícios para que as pessoas aprendam a digitar corretamente, mais rápido e sem olhar para o teclado.

Solda e circuito elétrico

Os estudantes terão oficina de eletrônica para aprenderem a soldar. Eles irão produzir um chaveiro.
Igualmente haverá uma oficina de circuitos elétricos sobre folhas de papel produzindo trilhas com fita metálica. O objetivo é acender LEDs. Os participantes poderão fazer cartões de Natal neste sistema, com criações próprias.

Olhos vendados

Outra atividade curiosa é a de exploração dos sentidos. As crianças e adolescentes entrarão em uma sala com os olhos vendados e serão colocados painéis com texturas, som e gotículas de água para aguçar a percepção. Também com os olhos desvendados haverá um local que os estudantes irão passar pelos equipamentos tecnológicos que já foram utilizados na escola e que atualmente estão obsoletos.

Para o secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira, trata-se de uma oportunidade para os professores e estudantes de compartilharem uma mostra das práticas pedagógicas que ocorrem na rede municipal. “Uma prática com a utilização de recursos audiovisuais, aplicativos, dispositivos móveis , além da sala informatizada”, complementa.

Contatos para imprensa

Maurício Fernandes Pereira (secretário de Educação): 99120-2424
Iracema Munarim (Chefe do Departamento de Tecnologias Educacionais da SME): 99907-1814

Carregar mais Posts

Carregar mais Posts

2019-11-05T17:30:29+00:005 novembro, 2019|Educação|