PREÇO MÉDIO DOS ALIMENTOS FICA MAIS BAIXO EM AGOSTO, EM FLORIANÓPOLIS

O preço médio dos alimentos ficou mais baixo no mês de agosto em Florianópolis. O dado faz parte do Índice de Custo de Vida (ICV), calculado pela Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc).

De acordo com o indicador, a redução média foi de -0,1% frente a julho. Quando se considera apenas a alimentação dentro de casa, a queda é maior: -0,68%. O índice acumulado desde janeiro está em 2,42%, enquanto o dos últimos 12 meses ficou em 3,21%.

Na divisão por produtos, o preço do tomate caiu quase um terço (-32,39%). Além dele, os destaques são a beterraba (-16,87%), a alface (-8,37%), a couve-flor (-5,74%) e a batata inglesa (-1,50%) na comparação com o mês anterior.

Quando são levados em consideração todos os itens, a inflação média para a Capital catarinense ficou em 0,16% em agosto na comparação com o mês anterior. Trata-se de um resultado 0,05 ponto percentual abaixo do registrado em julho (0,21%). O índice de agosto também foi bem menor que o do mesmo mês em 2018 (0,60%).

Redução na conta de luz

Segundo o coordenador do Índice de Custo de Vida (ICV/Udesc Esag), Hercílio Fernandes Neto, outro ponto que ajudou a manter a inflação em patamares baixos foi a redução na conta de luz residencial de quase 10%, determinada pela Aneel no final de agosto.

“O panorama de agosto foi de uma inflação abaixo do esperado. A luz geralmente sobe nessa época do ano, e o que ocorreu foi o inverso. A sazonalidade de alguns produtos também contribuiu para a variação negativa da alimentação”, explica Neto.

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / Secom

2019-09-09T22:37:57+00:00