RIOZINHO

O Sul da Ilha em evidência

MURAL DA CULTURA RECEBE EXPOSIÇÃO DE FERNANDO JC ANDRADA E DE EDSON FARIAS JÚNIOR

O Mural da Cultura, localizado na Ala Norte do Mercado Público de Florianópolis, recebe as exposições de Fernando JC Andrada e de Edson Farias Júnior, com visitação até 02 de outubro/2019.

O espaço expositivo foi inaugurado em agosto de 2015 e, desde então, integra o programa de difusão artística da Secretaria Municipal de Cultura, Esporte e Juventude realizado pela Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes. A iniciativa visa à criação de novos espaços de divulgação das artes, proporcionando ao público diferentes formas de apreciação estética e valorização da produção local. As obras são expostas em painéis, que apresentam periodicamente o trabalho de artistas da cidade.

O Mural da Cultura recebeu exposição de Cipriano, Estela Ramos, Kelly Taglieber, Vera Sabino, Bruno Bachmann, Silvio Pléticos, Fê Luz, Diego de los Campos, Lú Pires, Betinha Trevisan, Laércio Luiz, Juliana Crispe, Loro, Giba Duarte, Paulo Burani, Paulo Gaiad, entre outros.

As Ilhas da Ilha, por Edson Farias Júnior

Florianópolis, a Ilha de Santa Catarina, além de ser a maior Ilha do Estado, a capital, é ainda um símbolo cênico para o Brasil, abrigando algumas das mais lindas paisagens do país. Embora seja uma Ilha, muitas vezes esquecemos disso, pois com três pontes que ligam ela ao continente, e com uma circulação diária de centenas de milhares de pessoas, por vezes parece mais um pedacinho do continente. Mas quando observamos as paisagens a partir de suas praias, é impossível não perceber todas as outras pequenas ilhas que a cercam, em qualquer horizonte da Ilha quase sempre terá uma outra pequena ilha compondo o cenário. São muitas, com muitas características diferentes, e apesar de próximas, quase todas desconhecidas. Certamente todos lembrarão da Ilha do Campeche, talvez do Arvoredo, mas Moleques do Sul, Ilha Deserta, Mata Fome, Badejo, Aranhas, Xavier, e muitas outras, poucos saberão apontar as suas localizações em um mapa, e menos ainda terão se deslumbrado com suas belezas singulares. É por isso que a exposição “As ilhas da Ilha” vem mostrar um pouco dessas belezas desconhecidas. Quer aproximar quem passa por Florianópolis de suas mais belas paisagens, quase sempre de natureza intocada e quase desconhecidas. Um ponto de vista diferente dessas preciosidades da Ilha, que com certeza fará com que as pessoas despertem ainda mais amor por essa Ilha mágica, cercada de verde e de azul.

Edson Farias Júnior é Biólogo, Mestre em Ecologia, instrutor de mergulho e fotógrafo de Natureza. Cresceu em Santa Catarina, dividido entre Florianópolis e Bombinhas, se apaixonou pelo mar ainda criança e dedica sua vida aos mares e oceanos. Seja no ambiente acadêmico ou com sua câmera na mão, possui mais de 2000 mergulhos em todo o litoral catarinense, e já visitou quase todas as pequenas ilhas do litoral. Juntando sua experiência como Biólogo e Fotógrafo, já retratou a natureza em diferentes plataformas: livros, documentários, séries e programas de TV em emissoras como Globo e BBC, vídeos para web e exposições fotográficas. Fundou a revista de natureza Explora Web Magazine e já recebeu diversos prêmios fotográficos, entre eles: 3° lugar no VIII Prêmio Fotografia Ciência e Arte do CNPq, 2° Lugar no Concurso Canon Olhares Inspiradores (Etapa 6 de 2017) e 3° lugar geral na 17ª Maratona Fotográfica de Florianópolis.

Aquarium, por Fernando JC Andrada

“Aquarium II”, obra exposta no Mural da Cultura, pertence a série composta de Xilogravuras retratando nosso fundo do mar chamada “Aquarium”. Os trabalhos desta série são inspirados em mergulhos e fotos realizados na Reserva Biológica Marinha do Arvoredo, tentando através da linguagem forte da xilogravura retratar os mistérios de nossos mares, tanto para quem nunca teve oportunidade de um mergulho ou para aqueles que já conheceram e com o tempo esqueceram o quão bonito, exótico e frágil é o nosso oceano e se não preservarmos, logo só poderemos apreciá-lo dentro de um “Aquarium”.

“Aquarium II”, é uma Xilogravura criada em outubro de 2018, com 100 cm de largura e 38cm de altura, impressa em papel Canson 300g usando tinta tipográfica e uma matriz esculpida em MDF, com uma tiragem de 10 unidades.

Fernando JC Andrada, manezinho de coração, concebido, criado e residente da Ilha de Santa Catarina. Desde a infância demonstrou seu potencial artístico através de desenhos a lápis com luz e sombra. Talento que foi estimulado e desenvolvido pelo Mestre Domingos Fossari e mais tarde se aprimorou em uma formação de Ilustrador no SENAC SC, tendo a honra de ser guiado por Diego de Los Campos, Leandro Lopes de Souza e Maurizio di Reda. Dedicou seus estudos técnicos com artistas renomados como Adriana Maria dos Santos, Rubens Oestroem, Zé Maria, Bebeto na xilogravura, Wilton Pedroso na serigrafia entre outros, destacando especialmente o saudoso Janga Neves, o qual deixou preciosos conselhos seguidos e a seguir, Gratidão pelo seu tempo. Em 2016 teve o privilégio de expor individualmente na Biblioteca Pública Estadual de Santa Catarina, Restaurante Fratellanza e Iate Clube Veleiros da Ilha. Em 2018, março participou da Exposição Coletiva de Idéias, Galeria Cañizares, Escola de Belas Artes, UFBA, Salvador, Bahia, abril/2018 expôs nos 70 anos do MASC – Museu de Artes de Santa Catarina – Florianópolis, SC, através do Projeto Armazém, em junho/2018 participou da feira MOSQ 2018 e em julho/2018 da 12ª Entremostra – Feira de Artes na Fundação Cultural Badesc, alguns de seus trabalhos podem ser vistos em exposição permanente na Casa Açoriana, em Santo Antônio de Lisboa, também em Florianópolis, SC.

Serviço

Mural da Cultura
Mercado Público de Florianópolis – Ala Norte (corredor principal)
R. Jerônimo Coelho, 60 – Centro.
Visitação até 2 de outubro | Segunda a sexta das 8h às 19h.
Sábados das 9h às 14h.
Gratuito
Informações: [email protected]

LEIA TAMBÉM

2019-08-06T21:54:58+00:006 agosto, 2019|Cultura|