Por Mônica Cristina Corrêa – Historiadora e Presidente da Associação Memória da Aéropostale no Brasil

Em Florianópolis, sempre pairaram dúvidas por parte de algumas pessoas com relação à passagem e permanência do piloto-aviador francês Antoine de Saint-Exupéry na Ilha de Santa Catarina na década de 1930. A ausência de “materialidade” desse fato parece ter deixado a verdade literalmente “no ar”, segundo os céticos.

Não obstante a falta de fotografias de quaisquer dos pilotos que passaram ou pernoitaram na cidade, os colegas de Saint-Exupéry, a dúvida persiste sobre a sua presença pelo fato de ser ele o autor de uma das obras mais célebres do mundo, O Pequeno Príncipe (1943). Esta conferência pretende, ao apresentar documentos recentemente descobertos, pôr fim às polêmicas que persistem, bem como elucidar detalhes da história do antigo campo de aviação do Campeche, cuja grandeza insuspeita o torna incontestável patrimônio histórico de Santa Catarina.

QUARTA-FEIRA (5) 16HS
INSTITUTO HISTÓRICO E GEOGRÁFICO DE SANTA CATARINA
CONFERÊNCIA À LUZ DE DOCUMENTOS RECÉM-DESCOBERTOS
HERCÍLIO LUZ, 523

RECEBA AS ÚLTIMAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

+ LEIA MAIS

By |2019-06-04T18:06:18+00:004 junho, 2019|Cultura-Informação|0 Comentários

Sobre o Autor: