Durante a gestação os cuidados são redobrados e há muitas restrições quando o assunto são os cosméticos

O uso da uréia durante a gestação é proibido em dosagens acima de 3%, portanto se alguns produtos cosméticos tiverem mais que 3% de uréia em sua composição, deverão contêr no rótulo a seguinte informação determinada pela ANVISA: “NÃO UTILIZAR DURANTE A GESTAÇÃO”.

Mas você sabe por que a uréia está proíbida para gestantes? A uréia atravessa facilmente a barreira placentária podendo causar danos ao feto, portanto não utilize cremes que contenham uréia acima de 3%, fique sempre atenta aos rótulos dos produtos e qualquer dúvida consulte um especialista.

A ANVISA proibio também a fabricação de cosméticos que contenham em sua composição mais de 10% de uréia. Segundo a ANVISA, a concentração mais segura em formulações com este ativo é entre 2% e 8%, concentrações mais altas podem ser irritantes para a pele.

Não podemos negar que a uréia é um poderoso hidratante, ela aumenta a hidratação da pele devido a sua capacidade de unir-se à água, atrai e retém a umidade na camada córnea, mantendo a pele hidratada por longos períodos e tem efeito esfoliante que diminui a espessura da pele.

Vanessa Luzardo Maciel
[email protected]