JORNAL RIOZINHO

O Sul da Ilha em evidência
ANUNCIE

Até o fim do ano, 227 baleias serão capturadas pela Agência Pesqueira do Japão. País deixou a Comissão Baleeira Internacional no final do ano passado.

As autoridades do Japão anunciaram que a partir desta segunda-feira (1º) e até fim do ano os seus navios capturarão 227 baleias para fins comerciais, pela primeira vez desde 1982, depois que o governo decidiu se retirar da Comissão Baleeira Internacional (CBI).

A Agência Pesqueira do Japão informou que a frota capturará 52 baleias da espécie Minke, 150 de rorcual Bryde e 25 de rorcual comum.

A caça será realizada em águas territoriais japonesas, garantindo a sustentabilidade desses cetáceos, acrescentou a mesma fonte. Não serão capturadas baleias em águas do oceano Antártico nem do hemisfério sul.

Segundo cálculos de uma comissão internacional citada pela Agência Pesqueira, da classe Minke há atualmente 20.513 exemplares, da rorcual Bryde há 34.473 e da rorcual comum 34.718.

No dia 26 de dezembro do ano passado, o Japão anunciou que estava se retirando da CBI, da qual era membro desde 21 de abril de 1951, e até agora tinha respeitado a moratória na caça comercial da baleia estipulada em 1982.

A retirada foi anunciada depois de uma série de ameaças nesse sentido do Governo japonês e do pouco sucesso que teve para convencer outros integrantes a fim de modificar a moratória na caça de baleias e permitir uma pesca regulada pela CBI.

A decisão do Japão segue a de outras nações que anteriormente se retiraram dessa instituição, por diversas razões.

Fonte: https://g1.globo.com

+ LEIA MAIS

ANUNCIE
By |2019-07-02T14:26:25+00:002 julho, 2019|Baleia Franca|0 Comentários

Sobre o Autor: