Programa Alô Doutor começa a ser implantado em Florianópolis

By |2019-01-10T21:08:39+00:0010 janeiro, 2019|

Prontuário eletrônico está sendo finalizado e equipes serão treinadas a partir da próxima semana. Estimativa é que o programa comece a funcionar neste primeiro semestre de 2019

A Prefeitura de Florianópolis está finalizando a estruturação técnica e de informação do Programa Alô Doutor. A estimativa é que o programa comece a funcionar neste primeiro semestre de 2019.
O secretário municipal de Saúde, Carlos Alberto Justo da Silva, explica que o primeiro passo para a implantação do Alô Doutor foi dado no ano passado, com a modernização do sistema de informação, que permitiu unificar as informações em uma única plataforma, através de módulos para cada área, além de disponibilizar um link para a criação de um portal e aplicativo para o atendimento ao cidadão. “A partir disso implantamos o prontuário eletrônico para agendamento de consultas e procedimentos através de aplicativo de celular. Esse APP já está em fase de testes, e até final de março estará pronto”, destaca.

A Secretaria de Saúde também fez a compra de 150 celulares e na próxima semana começará a treinar os dois mil servidores para trabalhar com o novo sistema de informação. Em paralelo a isso, uma equipe multiprofissional está elaborando o Termo de Referência para contratação da empresa que irá executar o serviço da central telefônica. “O atendimento será feito à distância por uma equipe de profissionais da saúde que terão condições de avaliar a situação do usuário e direcioná-lo para o acolhimento adequado”, relata o secretário.

O Programa Alô Doutor de Florianópolis será uma iniciativa inédita no Brasil e está seguindo protocolos internacionais, como do Reino Unido e Portugal, países que implantaram centrais com serviços telefônicos que ofertam cuidados de primeiro contato à população. “Foi o primeiro pedido do prefeito Gean Loureiro quando eu assumi a pasta. Desde 2017 estamos estruturando todo o sistema para que seja uma revolução na saúde de Florianópolis que já é a melhor do Brasil”, finaliza o secretário.