Imóveis no Novo Campeche são multados por irregularidades na rede de esgoto

By |2018-11-07T19:21:56+00:007 novembro, 2018|

Os imóveis fiscalizados nesta ação são escolhidos conforme histórico de denúncias e irregularidades contidos no banco de dados dos órgãos sanitário e ambiental e Casan.

A situação mais crítica foi na Rua Nivaldo Dias, onde foi identificado o lançamento de efluentes na rede pluvial. Foi lavrado o auto de intimação pela Vigilância Sanitária, que solicitou a apresentação do Habite-se Sanitário.

Num condomínio na Rua Nicolau João de Abreu os fiscais identificaram infiltração no sistema de tratamento de esgoto, o  responsável foi notificado a apresentar licença para o projeto de adequação,  aprovação da alteração do projeto hidrossanitário e Habite-se Sanitário junto à Vigilância em Saúde.

Outro residencial localizado na Rua Otávio Cruz apresentou problemas de infiltração nas caixas de gordura e passagem de esgoto. Denunciado por moradores locais, o proprietário foi intimado a corrigir os problemas.

A maior dificuldade encontrada pelas equipes foi a obstrução da boca de lobo, que estava concretada e impedia a fiscalização. Para realizar a devida verificação, foi quebrada a calçada para que o caminhão de hidrojato da intendência pudesse dragar o material concentrado no poço.

Em quatro semanas de blitz, foram fiscalizados um shopping, oito edifícios, catorze condomínios, seis residências e dois estabelecimentos comerciais. Dos 31 imóveis visitados, apenas dois estavam em situação regular. Os demais tiveram processo administrativo aberto na Vigilância Sanitária e/ou Floram.

A fiscalização que faz parte da Blitz Se Liga na Rede contou com a Vigilância em Saúde, equipes técnicas da Prefeitura de Florianópolis e da Casan.

Fonte: ndonline