Golfinho é encontrado morto no Pântano do Sul, em Florianópolis

By |2019-01-22T13:28:26+00:0022 janeiro, 2019|

A matança continua e centenas de pinguins, tartarugas, focas, lobos, leões marinhos e até baleias francas morrem todos os anos em Florianópolis, as principais causas são as redes de pesca utilizadas de forma irregular sob costões, a pesca fantasma e acidentes por embarcações.

Segundo a equipe de campo da Associação R3 Animal, através do Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS), encontrou um golfinho-de-dentes-rugosos (Steno bredanensis) morto nas areias da Praia do Pântano do Sul, em Florianópolis, na manhã de domingo, 20.

O mamífero marinho, um adulto, foi trazido para o Centro de Pesquisa, Reabilitação e Despetrolização de Animais Marinhos (CePRAM) onde passou por necropsia.  Devido ao avançado estado de decomposição, não foi possível identificar o sexo e nem a causa da morte.

A R3 Animal executa o PMP-BS na Ilha de Santa Catarina e monitora diariamente as praias entre a Praia Brava, no norte, até a Praia da Solidão, no sul. Além disso, resgata animais marinhos nas outras localidades da Ilha quando acionada pelo número 0800 642 3341. Caso encontre um mamífero, tartaruga ou ave marinha morta ou debilitada, basta ligar para o número de acionamento.

O CePRAM fica localizado dentro do Parque Estadual do Rio Vermelho, unidade de conservação sob responsabilidade do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (IMA-SC) em parceria com a PM Ambiental.

O Projeto de Monitoramento de Praias da Bacia de Santos (PMP-BS) é uma atividade desenvolvida para o atendimento de condicionante do licenciamento ambiental federal das atividades da Petrobras de produção e escoamento de petróleo e gás natural no Polo Pré-Sal da Bacia de Santos, conduzido pelo Ibama. Esse projeto tem como objetivo avaliar os possíveis impactos das atividades de produção e escoamento de petróleo sobre as aves, tartarugas e mamíferos marinhos, através do monitoramento das praias e do atendimento veterinário aos animais vivos e necropsia dos animais encontrados mortos.