Morro das Pedras recebe projeto ‘50 Árvores Nativas de Floripa’

By | 2018-03-07T21:07:51+00:00 7 março, 2018|

A semente de um trabalho inédito da Prefeitura de Florianópolis foi plantada na manhã dessa terça-feira (6) no Morro das Pedras: o Projeto ‘50 Árvores Nativas de Floripa’.

O projeto-piloto, idealizado e executado pela Floram, está sendo realizado na Rua Vitorina Lopes, e é inédito. Isso por que se tratar de uma ação de arborização planejada com espécies nativas da Mata Atlântica e de Florianópolis, além de ser integrado ao trabalho de pavimentação e calçamento da rua.

Ao longo de 1,5 km de rua serão plantadas cerca de 200 mudas de  Quaresmeiras, Araçazeiros, Pitangueiras, Ipês-amarelo, Grumixamas, Manduiranas e Chal-chal, selecionadas com base em critérios técnicos e escolhidas pelos próprios moradores. “A arborização urbana exige mudas com porte maior, ou seja, com resistência para garantir sua duração”, afirmou Jarbas Prudêncio, engenheiro agrônomo coordenador do projeto. “Tivemos uma reunião com o pessoal da Floram, que fez a análise de que árvores seriam adequadas e a partir daí pudemos definir – dentre as opções que nos foram dadas – quais queríamos”, explicou Vanessa Cristina Cunha, moradora da rua Vitorina Lopes.

O estudo feito pelos técnicos da Floram também levou em conta a manutenção das calçadas e da fiação. “Nossa escolha foi por espécies com raízes profundas, que não quebram a calçada, adequadas ao plantio em calçadas tanto em relação a altura como a raízes”, completou Jarbas.

A primeira etapa da ação, realizada nessa terça, foi acompanhada de perto pelos moradores, entre eles, o pequeno Nicolas Weiss. “Ele nem foi à escola hoje, queria ver o plantio das árvores”, disse a mãe Luciana Weiss, que junto à Vanessa Cunha e André Luiz Vieira, presidente da Associação Comunitária Morro das Pedras, liderou o processo entre os moradores.  “Foi muito rápido. Até setembro nossa rua nem calçada tinha e hoje já está assim, com calçamento e as árvores sendo plantadas”, comemorou Vanessa.

Para que o projeto – e as árvores – cresça e floresça, a parceria entre poder público e comunidade é fundamental. “Queremos fazer uma gestão compartilhada com os moradores, que eles nos levem as demandas e a Floram realize podas de manutenção e contenção de altura, substituição de mudas. Esses olhos da comunidade são indispensáveis para que estejamos aqui no momento certo”, afirmou o técnico da Fundação.

Sobre o futuro, os moradores já imaginam as árvores crescidas, sombreando toda a via. “A gente já imagina uma rua linda, maravilhosa, arborizada, um exemplo para as outras ruas!”, sonha Vanessa. “E eu quero passar aqui daqui a 10 anos e dizer: eu ajudei a plantar essa árvore”, completou Luciana Weiss.

Saiba mais sobre o projeto “50 Árvores Nativas de Floripa” no site https://www.arvoresdefloripa.com.br