Carnaval mais limpo dos últimos anos em Florianópolis

By | 2018-02-14T20:48:07+00:00 14 fevereiro, 2018|

Foram recolhidas 56 toneladas de resíduos do Centro, 17 toneladas a menos que ano passado

Pela geração de resíduos, este foi o carnaval mais limpo dos últimos anos. A Prefeitura de Florianópolis por meio da Comcap recolheu 56 toneladas de resíduos das festas no Centro da cidade, 17 toneladas a menos que ano passado. A maior parte dos resíduos foi disposta adequadamente nos latões e pontos de entrega voluntária (PEVs) instalados pela autarquia.

Além dessa colaboração do folião, avalia o presidente da Autarquia de Melhoramentos da Capital Comcap, Carlos Alberto Martins, contribuíram o isolamento da Praça XV, a substituição no uso de embalagens de vidro por latinhas que são instantaneamente recolhidas por catadores informais e o horário das festas. As festas começaram e terminaram mais cedo, facilitando a operação da Comcap. A cidade amanheceu limpa todos os dias de Carnaval.

Isolamento da praça favoreceu trabalho da Comcap

Com a praça isolada, informa a gerente da Divisão Operacional Centro, Michele Rodrigues, a Comcap poupou o trabalho de oito auxiliares operacionais por noite. Economizou-se a força de trabalho de 40 pessoas nos cinco dias de festa. Elas teriam de se ocupar com a limpeza e o repasse na praça o tempo inteiro e mesmo assim os resultados eram precários. “A praça fechada fez toda a diferença nesse Carnaval. Perdíamos horas e horas limpando e repassando, porque a praça também era indevidamente usada como banheiro. Era como enxugar gelo”, explica.

A Comcap, acrescenta o diretor de Operações, Ricardo Leal, aproveitou para lavar e roçar a Praça XV para que seja devolvida preservada e limpa à cidade nesta Quarta-feira de Cinzas.

Bem menos lixo que 2017

Desde sexta, de acordo com o gerente do Departamento de Coleta da Comcap, engenheiro sanitarista Ulisses Bianchini, foram recolhidas 56 toneladas de resíduos das festas públicas no Centro da cidade. No Centro, a Comcap reforçou os pontos de entrega voluntária (PEVs) de vidro, mas a geração foi bem inferior ao ano passado. Esse ano, basicamente foram descartadas latinhas e embalagens plásticas.

De acordo com o gerente do Departamento de Limpeza Pública, Roberto Ventura, também foi realizada com sucesso a limpeza das festas em todos os bairros e balneários como Campeche, Santinho, Lagoa da Conceição e Santo Antônio de Lisboa.