A LUA CRESCE EM PEIXES – QUAL É A SUA CONTRIBUIÇÃO NESSE OCEANO DE ALMAS

A LUA CRESCE EM PEIXES – QUAL É A SUA CONTRIBUIÇÃO NESSE OCEANO DE ALMAS

By | 2017-11-27T15:56:09+00:00 26 novembro, 2017|Tags: , |

A Lua cresce no sensível signo de Peixes, favorecendo nos próximos dias todas as ações que pretendam atingir a imaginação dos Terráqueos… Peixes é regido por Netuno, rei dos mares, que também transita em Peixes, o elemento água e tudo que se relacione a ele estará em evidencia…

 Júpiter no profundo, dramático e misterioso signo de Escorpião coopera com esse “aguaceiro” e promove a ampliação da percepção, aumenta a busca por terapias alternativas de cura e pelo autoconhecimento…
Os assuntos e eventos que se relacionem à imaginação, fantasia, encantamento, aos sonhos e também a assuntos relacionados às águas, ao mar, aos esportes e eventos marítimos serão favorecidos.
Por estarmos sob o domínio da imaginação, este é um bom momento para liberarmos a nossa criatividade. Belas criações artísticas poderão surgir, porém o lado negativo do elemento água é a vulnerabilidade a fatores externos, procure cercar-se de boas energias e mantenha seus pés no chão! Pois com a ‘mente nas nuvens’ os assuntos que dependem de realismo e praticidade podem ser comprometidos…
O Sol acabou de entrar no otimista e cheio de ideias signo de Sagitário, fim de ano chegou e o que não concluímos em 2017 , fica armazenado para 2018, ou não… Na real, apesar do aviso “mantenha seus pés no chão”, a parte boa desse período astral é a influencia esperançosa do signo, o espirito aventureiro do Centauro nos faz continuar, firmes e fortes…
Os planetas do desejo Vênus e das ações Marte, estão como chamamos em Astrologia – em “mútua recepção”, Vênus rege Libra e Marte Escorpião , no momento ambos transitam um no signo do outro, um se metendo nos assuntos do outro… gerando conflitos nos relacionamentos, muita competição entre as partes, perdas e ganhos, e diálogos do tipo – Ok eu cedo, se você ceder primeiro…
Diante de tantos aspectos conflitantes, entre sonhos e realidade, entre poder realizar o meu desejo aceitar o seu e juntos coabitarmos esse “mesmo tempo”,  a meditação, a compaixão e às atividades místicas podem ajudar a acalmar a mente e compreender que nessa realidade existencial em que vivemos, nesse plano de dualidade, o desejo de separação e união são parte do processo,  o impulso de nos destacarmos de alguma forma com nossa contribuição social e o inevitável retorno a fonte criadora são uma constante , assim como as ondas do mar, que saltam livres expressando sua exuberância para depois retornar ao mar, a fonte … Então, qual é a sua participação nesse processo cósmico?

Qual é a sua contribuição nesse oceano de Almas?

 Nesses dias de extrema sensibilidade Pisciana, sem perder-se em misérias alheias, sejamos mais solidários ao próximo , sem culpas, sem isenções e sem pretensões … Mas sempre lembrando de forma consciente, de que seja o que for que façamos por aqui o resultado sempre retornará a essa ‘tal Fonte’ – Fonte divina, cósmica, Fonte criadora, enfim, chame como quiser, ou como melhor lhe acolher…
Claudia Sorrentino

Sinastria A arte de relacionar-se com a ajuda da Astrologia