Crianças da creche Irmã Scheilla (SEOVE) no bairro Campeche só têm arroz, feijão e salada para comer

Crianças da creche Irmã Scheilla (SEOVE) no bairro Campeche só têm arroz, feijão e salada para comer

By | 2017-10-06T18:52:58+00:00 5 outubro, 2017|

Para muitas crianças a principal fonte nutricional é oferecida na creche.

“Segunda-feira, o nosso cardápio foi: arroz, feijão e salada” comenta o diretor da Creche Diego Alessandro Kair.

Nesta semana todas unidades não receberam ovos, item básico da alimentação das crianças. Faltam também itens importantes para as práticas diárias, tais como: papel pardo, colchões, desinfetante de banheiro, saco de lixo pequeno, etc. Além disso, segundo Diego Kair,

parte do material são de péssima qualidade como pasta de dente, tesoura, canetas e etc.

A creche Creche Irmã Scheilla localiza-se no SEOVE, bairro Campeche.

Confesso que estou bem assustada pois minha filha almoça e janta nessa escola. ” conta Patricia Heberle Carmona,  mãe.

Ontem (4), o conselho escolar  da creche  tratou três pontos em audiência com o Secretário de Educação, Maurício Fernandes Pereira, a alimentação das crianças, a falta e qualidade dos materiais e a solicitação de reformas e melhorias da creche.  A promessa é de que semana que vem a entrega dos ovos voltará ao normal, os e materiais pedagógicos e de higiene/limpeza (essenciais) ainda dependem de licitação.

Ontem o nosso Conselho Escolar participou de uma audiência com o Secretário de Educação. Fizemos algumas reivindicações e demonstramos a nossa insatisfação em relação à alimentação, materiais e solicitando (novamente) reformas para a nossa Unidade. A portaria de matrícula de 2018 já está praticamente pronta, nesse sentido, assim que for publicada, realizaremos na unidade uma reunião geral, para debatemos todos esses pontos acima citados, e definiremos coletivamente nossas ações.” relata Diego Alessandro Kair.

Na próxima semana o secretario adjunto, Luciano Formiguieri, se comprometeu em ir a unidade para falar sobre as reformas.