Trilha ao Pico do Cambirela

Trilha ao Pico do Cambirela

By | 2016-03-11T21:49:26+00:00 24 fevereiro, 2016|Tags: |

O Cambirela (ou Gambirela) é uma montanha situada no maciço do mesmo nome, no município de Palhoça, no Estado de Santa Catarina.

Com altura superior a 1000 m, o Pico do Cambirela é o ponto culminante do município e da região, destacando-se pelo fato de elevar-se praticamente a partir do nível do mar até mais de 1000m. Está situado no Parque Estadual da Serra do Tabuleiro e domina toda a Baía Sul.

É possível avistar de seu cume importantes pontos da região, tais como o Rio Cubatão, a Ilha de Santa Catarina os municípios de Palhoça, São José e Florianópolis. Além da baía sul e Ilha de Santa Catarina avista-se o Oceano Atlântico.
O Maciço do Cambirela pode ser visto do aterro da baía sul, em Florianópolis e por toda a extensão da margem sudoeste da Ilha de Santa Catarina.

As formações rochosas encontradas no Cambirela são de granito e basalto, uma mistura interessante comumente encontrada na região, fronteira entre a Serra do Mar e a Serra Geral, ambas com formações geológicas distintas.

Uma pedreira ao pé do monte agredia a paisagem, no entanto os proprietários da lavra reconstituíram a paisagem plantando árvores. Ainda que não façam parte da vegetação nativa, ocultam a cicatriz formada pela exploração mineral.

Saiba o que fazer ao cruzar com uma cobra na trilha

A vegetação nativa é um remanescente da Mata Atlântica até certa altitude (cerca de 800 m), após o que encontram-se gramíneas.

Existem trilhas que levam ao topo, ao longo das quais se encontram alguns cursos de água cristalina. Estas trilhas são muito utilizadas por turistas aficionados das caminhadas ecológicas.

A trilha é pesada e em  alguns momentos é necessário fazer pequenas escaladas, não é recomendado para pessoas que não possuem um bom preparo físico. O percurso é de aproximadamente 3 mil e 500 metros com uma duração de média de 8 horas. Apesar da trilha se rbem sinalizada é recomendado que se faça esta trilha na presença de um guia.

Veja também:

Trilha de Naufragados, Florianópolis

Trilha do Morro do Lampião, Praia do Campeche

Fotos: Adriano Soares

[images picture_size=”fixed” hover_type=”none” autoplay=”no” columns=”4″ column_spacing=”13″ scroll_items=”” show_nav=”yes” mouse_scroll=”no” border=”yes” lightbox=”yes” class=”” id=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-17.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-21.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-16.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-29.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-25.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-26.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-23.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-31.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-8.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-34.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-33.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-2.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-3.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-10.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://riozinho.com/wp-content/uploads/2016/02/Morro-da-Cambirela-12-1080×800.jpg” alt=””][image link=”” linktarget=”_self” image=”http://d2tl1bzkov3x1.cloudfront.net/wp-content/uploads/2016/02/800_Morro-da-Cambirela-11.jpg” alt=””][/images]