Ilha do Campeche, Florianópolis

Ilha do Campeche, Florianópolis

By | 2016-11-28T21:08:45+00:00 15 Janeiro, 2016|

Inscrições deixadas por uma civilização remota unem-se à exuberância natural para fazer da misteriosa Ilha do Campeche uma bela atração

Os caprichos da natureza convivem com os minuciosos e intrigantes desenhos de uma civilização sobre a qual pouco se sabe. Na Ilha do Campeche, no litoral de Santa Catarina, assombram a água transparente do mar, a exuberância dos tiés-sangue e as curiosas inscrições rupestres espalhadas por todos os lados.  A Ilha do Campeche é tombada como patrimônio histórico nacional, por causa da riqueza arqueológica e da beleza paisagística do local.

  • localização: Leste da Ilha de Santa Catarina, no Oceâno Atlântico, a cerca de 1 hora de baleeira da praia da Armação.
  • Coordenadas: 27º 41′ 22″ latitude Sul e 48º 28′ 18″ de longitude Norte.
  • Tamanho: Cerca de 500 mil metros quadrados. Maior comprimento: 1,5 mil metros. Maior largura: 700 metros.
  • Contorno: Praia de areias brancas com cerca de 500 metros e costões rochosos.
  • Topografia: Existem dois morros dominantes, com 66 e 89 metros de altitude.
  • Cobertura vegetal: Foram identificadas 137 espécies pertencentes a 57 famílias (Floresta Onbrófila Densa).

Arte rupestre: Os principais sítios estão localizados ao Norte e Leste, nos locais denominados Ferro Elétrico, Pedra Preta do Norte, Conforto, Saco da Fonte, Letreiro, triste, Pedra Preta do Sul e Caverna do Morcego. Também existem diversas oficinas líticas – onde eram confecionados e afiados os artefatos para caça, pesca e outras atividades.

Preservação: Cerca de 99% da ilha pertencem a Associação Couto Magalhães de Preservação da Ilha do Campeche, responsável pela conservação do local.

Fotos:

Adriano Soares
Heverson Santos